08 Jan 2019

Act In Time – Newsletter Nº2

Act In Time

 

Transnational ACTions for the access and INTegratIon of Migrants into Eu labour market

Agreement nº: HOME 2015 AMIF AG INTE 9075

 

De 29 a 31 de maio de 2017 a instituição parceira Mayor Formation organizou a segunda reunião do projeto Act in Time em França, Lyon.

 

Depois de uma breve apresentação das instituições parceiras, em que cada um deu a conhecer a sua organização, foram discutidas e revistas as atividades em curso, e os planos de ação futuros foram atualizados. O Skype e o e-mail foram as principais ferramentas de comunicação entre todos os parceiros nos últimos meses, o que permitiu debater qual o melhor modo de fazer chegar a todos os parceiros a informação e materiais desenvolvidos. Contamos ter o site disponível em breve – nele poderão ser encontradas, entre outras, informações sobre o projeto, materiais desenvolvidos e atividades e eventos em curso.  Cada instituição parceira está neste momento a fazer um levantamento do que melhor se faz no âmbito do trabalho com migrantes e refugiados, e a preparar uma análise das necessidades específicas do seu país de origem. E não será só o projeto que pode tirar partido desta recolha: toda a informação estará disponível no site, onde qualquer organização poderá aceder e consultar os resultados obtidos.

 

 

Um dos desafios que este projeto coloca está ao nível da regulamentação de cada país: é difícil encontrar terreno comum na medida em que os regulamentos e procedimentos não são transversais a todos os países. Este obstáculo não se coloca, contudo, quando se fala das dificuldades que encontram pela frente. Durante esta reunião do projeto ficou claro que um dos principais desafios que os migrantes enfrentam em cada um dos países participantes é a barreira do idioma. Para permitir uma integração eficiente no mercado de trabalho, um migrante deve entender os procedimentos e regulamentos necessários. No entanto, para entender, é preciso ter um certo nível de conhecimento do idioma, e este é um processo moroso, que muitas vezes não é encarado pelos migrantes como prioritário devido à sua condição presente. Isso cria um círculo vicioso para o migrante, uma das questões que o projeto espera ajudar a melhorar no futuro.

Para mais informações sobre o projeto Act In Time, não hesite em nos contactar.

 

 

Leave a Reply